segunda-feira, fevereiro 20, 2006

Seminário "Transporte Público: Uma questão Social ou Policial?"

20 a 24 de fevereiro de 2006
Universidade de Brasília – UnB


PROGRAMAÇÃO

Dia 20/02 - segunda-feira: 14h às 17h
Local: Auditório da Reitoria
Temática: Podemos ou não nos manifestar pelo direito de ir e vir?
Abertura: Jaques Jesus (assessor de diversidade e apoio aos cotistas da UnB).
Palestrantes: Érica Kokay (deputada distrital), Professor José Geraldo de Souza Junior (FD-UnB), Juliana Lima (jornalista do CMI).
Mediador(a): Rafael Moreira (graduando de Ciências Sociais).

Vídeo: 18h – Amanhã Vai Ser Maior (Florianópolis) e Manifestações (Brasília).


Dia 21/02 – terça-feira: 14 às 17h
Local: Auditório Dois Candangos
Temática: Transporte Coletivo e Educação - Dificuldades cotidianas
Palestrantes: Professor Frederico Flósculo (FAU-UnB), Jaques Jesus (assessor de diversidade e apoio aos cotistas), Francisjairo Ananias da Silva (GTPA e EJA).
Mediador: Eduardo Alves (graduando de Pedagogia).

Vídeo: 18h – Revolta do Buzu (Salvador).


Dia 22/02 – quarta-feira: 16h às 19h
Local: Auditório Dois Candangos

Temática: Alternativas viáveis para o transporte urbano
Palestrantes: Leandro Kramp (ONG Rodas da Paz), Professor Paulo César (FAU-UnB), Lelê Teles (publicitário e colunista do site Opinião Pública).
Mediador: Pedro Mesquita de Carvalho (graduando de história).

Vídeo: 20h – Curtas do CMI (São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Florianópolis).


Dia 23/02 – quinta-feira: 9h às 12h e 14h às 17h
Local: Auditório da Reitoria

Temática: Qual preço pagar por um transporte deficiente?
9h às 12h – Palestrantes:Alessandra Camarano Martins (sindicato dos rodoviários), Edmir Alves (portal dos deficientes físicos), Manoel Batista Alexandrino (pesquisador de custos tarifários dos transportes coletivos urbanos).
Mediador: Elisa Rosas Mendes (graduanda em antropologia).

Temática:Transporte coletivos e exclusão social no campo e na cidade
14h as 17h – Palestrantes: Rafael Vilas Boas (MST), Guapeí (MTD), Rafael Moreira (MPL) e Augustino Veit (CDH – Câmara Federal).
Mediador: Francisco Márcio Amado Batista (graduando de Pedagogia).

Vídeo: 18h – Movimento dos Trabalhadores Desempregados.


Dia 24/02 – sexta-feira: a partir das 15h00
Local: Palácio do Buriti

Ato público para entrega de carta sobre transporte público e exclusão social em Brasília.

Realização: MPL, Universidade de Brasília e Assessoria de Diversidade e Apoio aos Cotistas
Apoio: MST, MTD, CMI e demais entidades da sociedade civil organizada.


Transporte Público: Uma questão Social ou Policial?

É preciso construir políticas públicas para a melhoria dos transportes e o fortalecimento de um debate consistente que estimule a ação de atores sociais que busquem atitudes concretas para reais mudanças.

No dia primeiro de janeiro as tarifas de ônibus aumentaram 21% no Distrito Federal e Entorno. Com isso, pessoas estão perdendo empregos, outras não conseguem se deslocar, ficando marginalizadas.

A sociedade civil organizada convida todos e todas a participarem do seminário sobre transportes públicos e exclusão social a ser realizado entre os dias 20 e 23 de fevereiro na Universidade de Brasília.

Serão realizados debates com autoridades e representantes da sociedade, e atividades culturais (vídeos, teatro, dança, bandas), sempre ao meio-dia, no Ceubinho (Minhocão norte, ao lado do DCE), conforme programação no verso.

Após o seminário, no dia 24 de fevereiro, uma carta aberta à sociedade será entregue ao governador, no Palácio do Buriti, com as reivindicações dos grupos, entidades e movimentos sociais.

3 comentários:

Anônimo disse...

sim, faço votos que, depois desses seminários, o mpl continue atuante na luta contra as injustiças desses tempos. mas entristeço-me ao pensar que, a despeito das discussões que houveram nesse seminário, pude ver tão poucos militantes do mpl na plateia. chego a me perguntar se realmente essa luta vai a algum lugar se aqueles que deviam se informar melhor sobre suas revindicações e a realidade de sua busca se mostraram tão ausentes nesse evento organizado por eles mesmos... gravidade, meus amigos...

Lua disse...

Como ser informada sobre os proximos encontros?

O Grito disse...

escrevo só p/ repassar essa informacão
Ato Contra o Oumento das Passagem de Ônibus
PROTESTO
CONTRA O AUMENTO DA PASSAGEM DE ÔNIBUS
CONTRA O AUMENTO DA PASSAGEM
R$2,30 é um roubo!
Segunda-feira, 23/4, 13h
Concentração em frente ao Américo Brasiliense em Santo André
Depois de tentar acabar com o passe estudantil em Santo André, e de um aumento abusivo no ano passado, lá vem mais um golpe da EPT (Empresa de Privada de Transporte?).
Dessa vez o aumento acontecerá em todo o ABC! Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá já confirmaram.
E você, está esperando o que?
Junte-se a nós por um transporte mais humano, barato, igualitário e ecológico!
VAMOS BARRAR O AUMENTO! mplabc@riseup.net

http://gritosp.blogspot.com/